(51) 3249.1877 / 3250.6886 / 3250.1685 / 32481086
Login

A PAMPA RÁFIA

 

A empresa Pampa Rafia está localizada na capital do Rio Grande do Sul desde 2006 e comercializa sacarias de ráfia produzidas com polipropileno em diversos modelos com alta resistência e qualidade.

Sua estrutura de área construída é de aproximadamente 9mil metros quadrados, onde trabalham 180 colaboradores eficientes e comprometidos com o processo de produção e no controle da empresa.

A Pampa Rafia possui uma frota de caminhões própria, oferecendo a seus clientes agilidade na entrega dos seus produtos.

Os sócios juntamente com seus familiares, e funcionários fazem da empresa uma referência em soluções em ráfia no Rio Grande do Sul.


Produzir sacarias em ráfia que ofereçam soluções aos nossos clientes, buscando a melhoria constante dos produtos, desenvolvimento dos nossos colaboradores para atender as expectativas do mercado brasileiro.

Comercializar os nossos produtos em todo Brasil, buscando as mais altas tecnologias com foco no crescimento, rentabilidade e responsabilidade socioambiental.

Ética, Transparência, Espírito de equipe, Eficiência, Respeito, Comunicação.

Produtos

As sacarias produzidas pela Pampa Rafia atendem o mercado de agronegócio e eqüinos. A empresa oferece a seus clientes seis modelos de sacarias: Convencionais, Laminados, Valvuladas, Boca Aberta, Embalagens com Liner e Sanfonadas. Também são comercializados tecidos de ráfia tubulares disponíveis em larguras que variam entre 35 cm e 80 cm, e gramaturas entre 58g/m² e 105g/m² em tecidos em convencionais e laminados.


Servem para embalar: fertilizantes, rações, farináceos, sementes, cereais, conexões, sal, sal mineral, açúcar, frigoríficos, entre outros. As sacarias de ráfia possibilitam a paletização, protege contra a umidade, sujeira, vazamento, contaminação, pragas e roedores, resistência ao rasgo evitando perdas no transporte e uma excelente qualidade na impressão.


MODELO DE SACARIAS

Convencional:

Sacarias de ráfia de polipropileno trançado, em larguras disponíveis de 35 cm a 80 cm. Utilizado para farelos, rações, cereais, sementes, farinhas.


Laminado:

Sacarias de ráfia de polipropileno trançado revestida com uma película de polietileno impermeabilizante que protege o produto ensacado de umidade e vazamentos, disponíveis em larguras que variam entre 35 cm a 80 cm. É utilizada para embalar fertilizantes, rações, farináceos, sais minerais, farinhas, cereais, açúcar, químicos.


Boca Aberta:

Sacarias de ráfia nos modelos convencional ou laminado com abertura total da boca proporcionando a facilidade no ensaque. Para efetuar o fechamento da sacaria é indicada a utilização de máquina de costura.


Valvuladas:

Sacarias de ráfia que permitem a auto vedação por meio de uma válvula lateral no topo da embalagem vedada automaticamente e comprimida pelo produto a ser ensacado.


Sanfonadas:

Sacarias de ráfia produzida com as laterais em forma de sanfona em dois modelos: boca aberta ou valvulada em tecido laminado. Permite uma melhor estocagem e aproveitamento do espaço físico, facilitando o empilhamento em pallets.


Embalagens com Liner:

Sacaria de ráfia contendo uma forração plástica no interior da embalagem protegendo o produto e reduzindo a chance de vazamento, produzida em dois modelos: boca aberta ou valvulada. É utilizada para embalar fertilizantes, açúcar, minerais.


Processos de fabricação

Para que nenhuma falha passe despercebida, a Pampa Ráfia dispõe de funcionários que realizam inspeções internas que avaliam a qualidade dos produtos em cada etapa do processo de fabricação das embalagens, desde a entrada da matéria-prima no seu parque fábril até a entrega ao cliente. Conheça as etapas a seguir.

1ª etapa - Extrusão:

A matéria prima(polipropileno) e os aditivos antifibrilante e pigmentos são processados na máquina Extrusora onde são transformados em fios.

2ª etapa – Tecelagem:

A trama e o urdûme são trançados e transformados em bobinas. Possuem larguras que variam de 35cm à 80cm e densidade de 58g/m2 à 120g/m2 no tecido convencional, e laminado de 48g/m2 à 140g/m2.

3ª etapa – Laminação:

A bobina produzida na tecelagem é encaminhada ao setor para ser revestida com uma película baseada na gramatura que varia de 10gr à 18gr.

4ª etapa – Impressão:

Após o processo de tecelagem ou laminação, a bobina é encaminhada ao setor para impressão da arte do cliente.

5ª etapa – Acabamento:

O setor de impressão encaminha as bobinas para o corte. Após isto, as sacarias são prensadas para reduzir o volume, costuradas e pesadas. São alocadas em pallets e entregues ao setor de expedição para a entrega ao cliente.